Livro: Wytches

Outubro é um dos meus meses preferidos, não apenas por ser meu aniversário, celebração que eu nem gosto tanto assim mas, por ser comemorado o HALLOWEEN que, como comentei em outro post, é uma das comemorações do ano que mais gosto.

Mesmo aqui no Brasil, longe de toda aquela festança tradicional americana, eu sempre amei demais tudo o que vi em filmes, séries, pesquisei por ai e li em livros sobre o Halloween.

Todo mês de outubro eu me dedico a assistir a alguns filmes e ler alguns livros sobre o tema e este ano escolhi Wytches, a primeia HQ da Dark Side Books, para entrar no clima. Cheguei a comentar que comprei o livro na pré-venda, sem ler muito sobre e me surpreendi quando abri e vi uma HQ super bem elaborada, capa dura e ilustrações maravilhosas.

A história em quadrinhos fala sobre bruxas de uma perspectiva diferente e que não é uma das que mais me agrada, confesso. Nela, não temos o lado místico, da magia, nem nenhum tipo de lado bom das bruxas em questão. Elas são seres completamente diferentes!

Começamos acompanhando a história da família Rook, que se muda para Litchfield, em busca de uma nova vida, longe dos acontecimentos do passado. Sailor é uma jovem que enfrenta depressão e ansiedade, além de ter passado por um momento misterioso em sua vida que a fez ficar traumatizada e, mesmo mudando de cidade e de escola, Sail não consegue esquecer o que houve e sabe que a floresta que cerca sua cidade guarda mistérios perturbadores.

Apesar de tudo, a garota tem um relacionamento muito legal com seu pai, Charlie, mas nem sempre foi assim, nem sempre ele esteve lá por ela, por conta de problemas emocionais e alcoolismo. Agora Charlie se preocupa muito com a filha e é capaz de tudo para vê-la feliz e segura, mas não consegue compreender totalmente o que está se passando com Sail e tenta ajudá-la de todas as formas. A mãe de Sail, Lucy, sofreu um acidente que tirou sua capacidade de andar.

Algumas coisas bizarras começam a acontecer ao redor da família Rook, Sail se sente perseguida e é atacada por algo desconhecido durante a noite, algo que a marca e que determina seu destino. Enquanto isso, Charlie entra em momentos paranóicos e percebe que algo está acontecendo, mas não é levado a sério.

Um dia, após um episódio na escola, Sail foge dirigindo um ônibus escolar e se debanda para dentro da floresta. Os pais pensam que ela está desaparecida e chamam a polícia. Lucy parece conformada, mas Charlie sabe que há algo a mais nessa história e decide que precisa fazer alguma coisa para encontrar a filha, o que se torna decisivo após receber uma visita de uma mulher misteriosa durante uma noite.

As bruxas da floresta se alimentam de pessoas que foram juradas para morrer quando ainda eram crianças ou jovens e há uma legião de pessoas que são devotas a elas recebendo dádivas divinas, mas com um preço a ser pago, jurando outras pessoas. Para elas “JURA É JURA” e se alguém é jurado é impossível fugir de seu destino.

Além do terror apresentado por essas criaturas bizarras assuntos como insegurança, depressão e relacionamento entre pai e filha são abordados ao longo da história de Scott Snyder, com artes de Jock, Matt Hollingsworth e Clem Robins e consegue pretender a atenção do leitor de uma forma profunda, que surpreendeu minhas expectativas. Livros de terror  e HQ, principalmente, costumam ser difíceis de transmitir a essência, o suspense e o medo que o gênero pede, mas Wytches conseguiu fazer isso.

Apesar de não gostar tanto da forma como as bruxas são apresentadas, eu gostei muito da HQ, do formato da história e das ilustrações e, principalmente, as cores utilizadas. Outra coisa muito legal nesse volume são os materiais extras apresentado ao final, textos do escritor, mostrando como foi a ideia da criação da história e outros temas que encontramos nela, como a depressão da Sailor e seu relacionamento com o pai. Também são mostradas como foram feitas as ilustrações, as ferramentas utilizadas e os processos para se chagar às expressões que dão um clima ainda mais aterrorizante a tudo.

É uma ótima sugestão de leitura de terror e dizem por aí que haverá continuação!

Wytches

192 págs.
História em Quadrinhos
Terror
Editora: Darkside Books
Escritor: Scott Snyder
Arte: Jock, Matt Hollingsworth e Clem Robins
Tradução: Érico Assis
1ª edição
Comprar: AmazonLivraria CulturaSaraiva, Fnac

0

Compartilhe


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *